uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Vila Franca de Xira põe em tribunal construtor da Urbanização da Flamenga

Autarquia vai concluir algumas infra-estruturas para que moradores não continuem prejudicados. Urbanização da Flamenga em Vialonga é uma das maiores da freguesia onde residem mais de duas centenas de famílias.

Edição de 31.08.2018 | Sociedade

A Câmara de Vila Franca de Xira vai agir em tribunal contra o construtor da urbanização da Flamenga em Vialonga, uma das maiores da freguesia, para poder ser ressarcida da concretização de infraestruturas públicas que estão em falta. A informação foi avançada pelo presidente do município, Alberto Mesquita.
O executivo municipal já aprovara, por unanimidade, o accionamento das garantias bancárias da urbanização para concluir os trabalhos, mas um conjunto de problemas processuais em torno do fundo imobiliário que agora gere as garantias bancárias tem atrasado o processo. Enquanto isso não avança, a câmara diz que não vai deixar os moradores sem resposta e que se vai substituir ao construtor para concluir algumas obras em falta e que depois agirá em tribunal para ser ressarcida desses custos.
Uma das obras mais reclamadas pelos moradores é a pavimentação final das ruas dentro da urbanização, já que a maioria dos arruamentos está apenas com uma pequena camada de desgaste de alcatrão, desnivelada, com buracos e irregularidades. O alcatrão existente é demasiado fino e quebradiço e as tampas de esgoto estão acima do nível da estrada, obrigando os condutores a ziguezaguear pelo espaço. “As negociações que temos levado a cabo com o fundo imobiliário que gere a urbanização no sentido das ruas serem concluídas não têm chegado a bom porto”, refere o autarca.
A situação arrasta-se há quase dez anos, afiançam alguns moradores daquela urbanização, que se queixam também da falta de pintura de algumas passadeiras e delimitação de lugares de estacionamento, bem como a colocação de mais mobiliário urbano, como papeleiras e bancos. O presidente do município nota, no entanto, que “muito já se fez” na melhoria dos espaços públicos daquela urbanização, nomeadamente nas zonas verdes e na reparação de algumas recargas do piso. Recentemente foi também concluído e colocado ao dispor dos residentes o parque urbano da Flamenga.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...