uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Luís Pereira

Luís Pereira

Sócio-gerente Pizzaria Churrasqueira Zé dos Frangos, 41 anos, Fátima

Edição de 20.09.2018 | Agora Falo Eu

É daquelas pessoas que tem que estacionar o carro mesmo à porta de todos os locais onde vai? Se puder é o que faço. É cómodo e normalmente não disponho de muito tempo.

Costuma comprar um jornal pelo que vê na primeira página? Sim, principalmente nos relacionados com automóveis.

A que petisco não resiste? O petisco e comida a que não resisto é ao frango assado na brasa. Apesar de comer frango vários dias ao longo do ano nunca enjoo. Os meus pais têm o negócio de frango assado há mais de 35 anos mas continua a ser aquela comida de que não me farto. Também ajuda eu continuar a gostar o facto de conhecer a qualidade do produto.

Qual o alimento que não comia nem que lhe pagassem? O alimento de que não gosto mesmo é abóbora. Basta sentir o sabor, como por exemplo na sopa, para me dar volta no estômago. Abóbora é que não.

Já aderiu à moda de correr/caminhar pelas ruas? Sou adepto das caminhadas. Não faço muitas vezes mas quando faço são de longo percurso. As caminhadas fazem quebrar a rotina e ajudam a limpar a mente. Dão saúde. Fui a Santiago de Compostela pela primeira vez o ano passado e foi a partir daí que me entusiasmei mais com as caminhadas.

Quando viaja prefere que meio de transporte? Prefiro o carro, pois dá-me prazer conduzir.

É adepto de algum clube? Qual foi a maior “loucura” que fez pelo seu clube? Sou adepto do Sport Lisboa e Benfica e do clube Vasco da Gama, em Boleiros/Maxieira. Já fui ver alguns jogos ao novo e ao antigo Estádio da Luz.

O Facebook e as outras redes sociais melhoram a sua vida? As redes sociais ajudam bastante a nível profissional, na vertente da divulgação de promoções comerciais.

Que estação do ano prefere? Primavera. Não gosto de demasiado calor. Gosto do tempo mais ameno.

Já visitou alguma praia fluvial da região? Sim, a de Cardigos, em Mação; a dos Olhos de Água, em Alcanena, e a do Agroal, em Ourém.

O que é que punha a funcionar na sua terra que não existe? Em Fátima gostaria que existissem espaços verdes e parques infantis para as crianças.

Qual foi a melhor viagem ou passeio que fez até hoje? A melhor viagem que fiz até hoje foi, sem dúvida, a viagem a pé a Santiago de Compostela. Foram 5 dias, cerca de 120km. Fui com um amigo mas no caminho encontramos outras pessoas muito interessantes. O melhor foi a convivência com as outras pessoas. Encontrámos pessoas de todos os lados e de todos os extratos sociais.

Gosta de grandes reuniões familiares? Gosto imenso de grandes reuniões familiares. Ao longo do ano, às quartas e domingos, a família mais próxima reúne-se. São sempre oito ou nove pessoas. É uma tradição que tentamos manter. A família é a base de tudo.

Gosta mais de liderar ou de ser liderado? Aprendi no ramo imobiliário que temos de saber estar nas duas situações, pois trabalhar com o público assim o exige. Algumas vezes temos de liderar e outras vezes sermos liderados, contudo sempre com muita compreensão e paciência.

Qual o objecto que nunca fica em casa? O objecto que nunca fica em casa é o telemóvel porque é bastante útil para quem tem um negócio. Mas consigo desligar-me dele. Prefiro a comunicação presencial, pois a comunicação não é apenas verbal.

As pessoas preocupam-se mais ou menos com a saúde? Verifico que as pessoas se preocupam mais com a saúde até ao nível do negócio, pois muitas pessoas pedem os frangos com menos sal, por exemplo.

Alguma vez deu sangue? Sou dador de sangue há cinco anos. Tento dar sangue pelo menos três vezes por ano.

O que significa a expressão “Gozar a vida”? Para mim significa que temos de aproveitar as coisas que a vida nos dá, porque a vida acaba por ser muito curta. Devemos aproveitar o tempo ao máximo, consoante as possibilidades.

Qual a sua actividade preferida? A minha actividade preferida é viajar, conhecer novos lugares e pessoas, sair da rotina e abrir horizontes.

Luís Pereira

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...