uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Presidente da Câmara de Santarém esclarece contratação de ex-administrador do politécnico
Ricardo Gonçalves diz não perceber a polémica em torno da contratação de Pedro Carvalho

Presidente da Câmara de Santarém esclarece contratação de ex-administrador do politécnico

Ricardo Gonçalves diz que Pedro Carvalho vai reforçar os serviços jurídicos e foi recrutado em regime de mobilidade.

Edição de 03.10.2018 | Sociedade

O ex-administrador do Instituto Politécnico de Santarém (IPS), Pedro Carvalho, foi contratado pela Câmara de Santarém para reforçar os seus serviços jurídicos, que apresentam carências ao nível dos recursos humanos, porque é um profissional de reconhecido valor. A explicação foi dada em reunião de câmara pelo presidente do município, Ricardo Gonçalves (PSD), após ter sido questionado pela bancada do PS sobre o vínculo contratual que liga o antigo funcionário do IPS à autarquia e que funções lhe estão adstritas.
Os vereadores do PS José Augusto Santos e Rui Barreiro referiram que a contratação de Pedro Carvalho foi contestada por um professor da Escola Superior de Gestão de Santarém, Luís Fé de Pinho, num email dirigido ao presidente da Câmara de Santarém e que foi também remetido a todos os vereadores.
O autor do email - que mantém há alguns anos um conflito com Pedro Carvalho e o anterior presidente do IPS, Jorge Justino - pergunta ao presidente da câmara a que título e com que procedimento legal foi contratado pela autarquia o jurista Pedro Carvalho. Alude ainda ao facto de Pedro Carvalho ser militante do PSD e de ter sido condenado este ano pelo Tribunal de Contas, por infracção financeira, a ter de devolver ao erário público mais de 22 mil euros, conjuntamente com o antigo presidente do IPS Jorge Justino e a ex-vice-presidente do instituto Teresa Serrano.
O presidente da câmara respondeu em reunião do executivo dizendo que o email de Fé de Pinho (ex-vereador do PS na Câmara de Santarém no mandato 1997-2001) contém “uma série de inverdades” e que a contratação de Pedro Carvalho, em regime de mobilidade, pretende reforçar os serviços jurídicos da autarquia. Ricardo Gonçalves acrescentou que o jurista “tem o valor reconhecido com vários louvores em Diário da República” e disse não compreender a polémica em torno dessa contratação.
Recorde-se que Pedro Carvalho demitiu-se de administrador do IPS no início de Junho, três meses depois de lhe ser renovada a comissão de serviço nessas funções até Março de 2020, conforme havia requerido ao ex-presidente do Politécnico, Jorge Justino. Em Julho O MIRANTE questionou Pedro Carvalho sobre quais as razões para a sua saída do IPS e sobre o seu futuro profissional mas o jurista nunca respondeu.

Presidente da Câmara de Santarém esclarece contratação de ex-administrador do politécnico

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido