uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Vila Franca de Xira ameaça cortar relações com Turismo de Portugal e exige desculpas
Alberto Mesquita exige um pedido de desculpas ao líder do Turismo de Portugal caso contrário deixa de lhe falar

Vila Franca de Xira ameaça cortar relações com Turismo de Portugal e exige desculpas

Em causa ordem de remoção do logótipo daquela entidade das festas do Colete Encarnado. Líder do município diz que o presidente do Turismo de Portugal “faltou ao respeito” a Vila Franca de Xira e por isso tem de pedir desculpa. Se não o fizer, promete o autarca, acabam-se as conversas.

Edição de 03.10.2018 | Sociedade

O presidente do município de Vila Franca de Xira, Alberto Mesquita (PS), insiste na exigência de receber um pedido de desculpas formal por parte do presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, caso contrário “nunca mais falará” com aquele responsável. Em causa está o alegado pedido feito pelo responsável do turismo para que o logótipo da entidade que dirige fosse removido dos programas e brochuras oficiais da Semana da Cultura Tauromáquica e do Colete Encarnado, distribuídos pela câmara, situação que provocou um profundo desagrado e mal estar na comunidade e no executivo municipal.
“Junto da Secretaria de Estado do Turismo já protestámos sobre esta matéria. Só voltaremos a ter condições de falar com o presidente do Turismo de Portugal quando ele nos pedir desculpa. Estas coisas fazem-se assim. Ele faltou-nos ao respeito e tem de pedir desculpa. Se não pedir desculpa não falarei nunca mais com ele em termos institucionais. O que fez foi imprudente, não pensou, se tivesse pensado não o faria”, critica Alberto Mesquita.
O autarca falava sobre o assunto na última sessão da assembleia municipal, depois de ter sido questionado pela bancada da Coligação Mais, liderada pelo PSD, sobre o assunto. “Todos temos o direito às nossas opiniões, mas as nossas tradições e as nossas opiniões devem ser respeitadas. Ele tem de nos respeitar. O que ele fez não devia ter feito. Quando pedir desculpa ao presidente da câmara, e na minha pessoa, está a fazê-lo a todos nós, vilafranquenses, então aí poderemos voltar a falar, até lá não há conversa”, acusa o autarca.
Recorde-se que, pela primeira vez em 28 anos, o Turismo de Portugal solicitou à Câmara de Vila Franca de Xira, por e-mail dias antes do arranque da Semana da Cultura Tauromáquica e do Colete Encarnado, que o logótipo da sua entidade fosse removido dos programas oficiais e institucionais divulgados pela câmara.
O município ribatejano já exigira “esclarecimentos cabais” e céleres da parte do líder do Turismo de Portugal, Luís Araújo, que nunca mais respondeu ao presidente da câmara. O autarca disse “deplorar a atitude” de Luís Araújo e deu até conhecimento da situação ao primeiro-ministro e aos ministros da Economia, Administração Interna e à secretária de Estado do Turismo.

Posto de turismo de VFX recebeu 2.500 visitantes

Dados municipais mostram que nos meses de Verão – Junho, Julho e Agosto – mais de 2.500 visitantes foram ao posto de turismo de Vila Franca de Xira solicitar informações. Destes, 300 eram de nacionalidade estrangeira. A maior fatia da procura foi no mês de Julho, precisamente o mês em que se realizam as populares festas do Colete Encarnado.

Vila Franca de Xira ameaça cortar relações com Turismo de Portugal e exige desculpas

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido