uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Presidente dos Bombeiros da Chamusca diz-se enganado por autarcas
José Monteiro, presidente da direcção dos Bombeiros Voluntários da Chamusca diz que Presidente da Câmara Paulo Queimado e Presidente da Assembleia Municipal Joaquim Garrido não são pessoas de palavra

Presidente dos Bombeiros da Chamusca diz-se enganado por autarcas

Líderes da câmara e da assembleia municipal da Chamusca debaixo de fogo por não cumprirem com a direcção dos bombeiros da terra.

Edição de 10.10.2018 | Sociedade

O presidente dos Bombeiros Voluntários da Chamusca, José Monteiro, diz-se enganado pelo presidente da Câmara da Chamusca, Paulo Queimado (PS), e pelo presidente da Assembleia Municipal da Chamusca, Joaquim Garrido (PS). Em declarações
a O MIRANTE, José Monteiro, diz que os dois não cumpriram a promessa de isentar do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) dois blocos de apartamentos, na Quinta do Nicho, que são propriedade da associação humanitária.
“As promessas começaram em Março de 2017, quando nos apareceu uma conta de IMI de cerca 3 mil euros”, conta o presidente dos bombeiros. “Nessa altura disseram-me nas Finanças que a câmara poderia isentar e fui falar com o presidente da câmara que se comprometeu a aprovar o regulamento para poder fazer a isenção, mas não se fez nada em 2017 e pagámos os 3 mil euros”, explica José Monteiro.
No inicio de 2018 José Monteiro voltou sensibilizar os autarcas para o problema, mas “em Março de 2018 em vez de aparecer 3 mil euros para pagar, surgiu uma conta de 7 mil euros, por termos um património superior a 600 mil euros e o IMI passou para o dobro”, explica.
“Logo nessa semana tive uma nova reunião com o presidente da câmara que garantiu que iria resolver o problema e ter o regulamento feito em Setembro, para aprovação na assembleia municipal, mas ainda não há regulamento sequer, e já não vai a tempo de ser aprovado. Vamos ultrapassar o prazo para pedirmos a isenção. Por isso estes senhores arranjaram mais 7 mil euros para pagarmos em 2019”, denuncia o presidente dos bombeiros, que acaba o mandato em Dezembro e não pretende candidatar-se novamente. “Eles que tomem conta dos bombeiros porque comigo já não brincam mais”, conclui.
O MIRANTE contactou os autarcas visados pelas críticas não tendo obtido qualquer resposta até ao fecho desta edição.

Presidente dos Bombeiros da Chamusca diz-se enganado por autarcas

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido

    Destaques