uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

CIMLT aperta com o Governo para resolver problemas do Hospital de Santarém

Pedro Ribeiro diz que tem havido falta de vontade política e que a situação tornou-se inadmissível. O presidente da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo e da Câmara de Almeirim, Pedro Ribeiro, critica o governo do seu partido por deixar arrastar a situação da recusa dos vistos aos contratos do hospital, o que fez parar as obras do bloco operatório. Por isso quer reunir com urgência com os ministros das Finanças e da Saúde.

Edição de 02.11.2018 | Sociedade

O presidente da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (CIMLT) considera que o Governo do seu partido só não resolve o problema do Hospital de Santarém por falta de vontade. Pedro Ribeiro, que também é presidente da Câmara de Almeirim pelo Partido Socialista, diz que é inadmissível que o hospital continue com as obras do bloco operatório paradas e concursos de fornecimentos de serviços bloqueados, por não ter fundos próprios que permitam o visto do Tribunal de Contas aos contratos.


O autarca garante, em declarações a O MIRANTE, que a situação não se pode manter e que, nesse sentido, a CIMLT vai pedir reuniões urgentes com os ministros das Finanças e da Saúde. O objectivo é o de mostrar o descontentamento dos onze municípios representados pela comunidade intermunicipal relativamente aos constrangimentos que o Governo está a causar ao hospital e às populações.

Notícia desenvolvida na edição em papel já nas bancas

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...