uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Humildade e honestidade são a base do sucesso profissional
Nuno Ventura começou por ser servente de pedreiro e depois trabalhou na extracção de basalto e calcário até ter tomado a gestão da Bento e Delgado de Vila Franca de Xira

Humildade e honestidade são a base do sucesso profissional

Nuno Ventura tem 39 anos e é o sócio-gerente da Bento e Delgado de Vila Franca de Xira

Edição de 06.12.2018 | Identidade Profissional

Cresceu no campo rodeado de animais e logo que pôde começou a trabalhar para conquistar a sua independência. Aos 13 anos já carregava sacas de cimento com quase 50 quilos, enquanto dava serventia a pedreiros. Há três anos tomou conta de uma casa que é bastante conhecida na cidade e que está num novo espaço.

No mundo do trabalho o segredo para se ter sucesso e vingar no mercado é pautar a vida pela humildade e honestidade. É dessa forma que Nuno Ventura entra ao serviço todos os dias à frente da Bento e Delgado, empresa de Vila Franca de Xira especializada na aplicação e reparação de estores e persianas, colocação de vidros, espelhos, mosquiteiros, molduras e comercialização de caixilharias em alumínio e PVC.
“O fundamental é a honestidade e sermos humildes. Sabermos aceitar as opiniões de toda a gente, assim como também gostamos que aceitem as nossas. Queremos sempre que o nosso cliente saia daqui satisfeito, esse é o nosso objectivo”, conta a O MIRANTE.
Nuno Ventura é um perfeccionista que confessa sair de casa a pensar no trabalho e que muitas vezes lá regressa a continuar a pensar como resolver várias situações de clientes. “Tenho sempre a cabeça a pensar e às vezes não consigo desligar do serviço”, confessa. A seu lado na loja tem a esposa, Rita Delgado. Um dia de trabalho na empresa nunca é igual. “Há uns anos não me via a fazer este trabalho mas com os anos as coisas foram acontecendo naturalmente e hoje não me vejo a fazer outra coisa, estou muito contente com o que faço”, refere.
Nuno Ventura, 39 anos, nasceu em Lisboa mas vive no concelho de Alenquer. O seu primeiro trabalho foi aos 13 anos a dar serventia a pedreiros. “Naquele tempo cheguei a carregar com sacas de cimento de 50 quilos, não era um trabalho fácil”, recorda. Nuno cresceu no campo, a lidar com cabras, ovelhas, vacas e porcos e logo quis assegurar a sua independência. Ao fim de alguns anos já era pedreiro e assentava tijolo. Pouco tempo depois surgiu-lhe uma nova oportunidade de emprego, na área da extracção de basalto e calcário numa pedreira. Esteve como manobrador de máquinas durante 15 anos. Entretanto a empresa faliu e Nuno teve de se fazer novamente à vida e encontrou a sua vocação na Bento e Delgado.
Já na sua gestão, a empresa mudou de instalações e está hoje situada numa loja ao lado das Finanças de Vila Franca de Xira, na rua Joaquim Pedro Monteiro. Faz um ano que a empresa abriu portas nesta nova localização e Nuno Ventura está satisfeito com o balanço inicial.
“Esta é uma rua mais central com muito movimento e onde passa mais gente, estamos mais visíveis aqui e temos crescido. O nosso objectivo é continuar a crescer com a ajuda dos nossos clientes, que são maioritariamente vilafranquenses e sem eles não iríamos conseguir. Prestamos hoje um serviço de qualidade que é uma mais valia para os nossos clientes”, explica.
Questionado sobre se é mais fácil ser patrão ou empregado, Nuno Ventura não tem uma resposta rápida, mas acredita que tem prós e contras. “Tenho a vantagem de não ter de dar justificações a ninguém, excepto aos nossos clientes que são a nossa prioridade. Por norma nunca falhamos com os compromissos. A maior desvantagem que vejo é não termos um horário rígido. Tenho horário para sair de casa e nunca sei a que horas vou voltar porque dependerá do serviço. Quando era empregado tinha mais tempo para mim e menos chatices. Mas gosto muito do que faço”, conclui com um sorriso.

Humildade e honestidade são a base do sucesso profissional

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...