uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Bombeiros de Salvaterra de Magos e de Azambuja com Equipas de Intervenção Permanente

Custos dessas estruturas serão suportados pelos municípios e pela Autoridade Nacional de Protecção Civil.

Edição de 19.12.2018 | Sociedade

Os Bombeiros Voluntários de Salvaterra de Magos e de Azanbuja vão contar com Equipas de Intervenção Permanente (EIP) compostas por cinco elementos. A criação dessa estrutura foi aprovada recentemente pelo secretário de Estado da Protecção Civil, José Artur Neves.
Em comunicado, a Câmara de Salvaterra de Magos, liderada por Hélder Esménio (PS), congratulou-se com a decisão. “É cumprido mais um objectivo deste executivo camarário, pois desde que assumimos funções temos vindo a disponibilizar no orçamento municipal rubrica para fazer face a esta possibilidade, que vai melhorar muito a disponibilidade para o socorro à nossa população”, salienta o autarca.
As EIP são formadas por cinco elementos e têm como missão o combate a incêndios e socorro às populações em acidentes e catástrofes. Em Azambuja, a criação da EIP foi aprovada, por unanimidade, em reunião de câmara. Os bombeiros que vão integrar essa equipa são recrutados dentro da corporação e terão de assumir responsabilidade de assegurar em pleno a sua disponibilidade para responder a qualquer situação de emergência, para a qual sejam chamados. O protocolo estabelecido com os profissionais tem a duração de três anos e custa em média 60 mil euros anuais. No mesmo concelho, a corporação de Alcoentre já tem uma EIP em funcionamento.
A assinatura dos protocolos de constituição das novas EIP, subscrita pela Autoridade Nacional de Protecção Civil, municípios e corporações de bombeiros, realiza-se na tarde de 19 de Dezembro, em Leiria.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...