uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Bons de bola e nos estudos
Francisco Magusto e Rui Belchior após receberem o prémio “Mérito Académico McDonald’s”

Bons de bola e nos estudos

Muitos jovens sonham com uma carreira de futebolista profissional, mas as ambições de Francisco Magusto nem Rui Belchior, recentemente distinguidos pela Associação de Futebol de Santarém e pelo McDonald’s, não passam por aí.

Edição de 26.12.2018 | Desporto

Jogar futebol, ganhar muito dinheiro e ter uma vida de luxo como a de Cristiano Ronaldo é o sonho de muitos jovens. Mas não é o caso de Francisco Magusto, iniciado de futsal da União do Entroncamento, e Rui Belchior, atleta de futebol juvenil do Clube Amador de Desportos do Entroncamento (CADE).
Francisco Magusto e Rui Belchior, a par de Rodrigo Santos, júnior na equipa de futsal do Vitória de Santarém, são ainda adolescentes mas já dão que falar pelo seu desempenho na escola e nos seus clubes. Este ano receberam o prémio “Mérito Académico McDonald’s”, atribuído pela Associação de Futebol de Santarém e pelo McDonald’s de Santarém. Iniciativa que decorreu na sexta-feira, 14 de Dezembro, no restaurante da capital de distrito.
“É importante praticarmos desporto nos tempos livres, mas vejo-me mais a trabalhar em áreas como a medicina ou as engenharias”, confessa o juvenil do CADE. O mesmo garante Francisco Magusto. “Gosto muito de jogar futebol e futsal, mas não me vejo a fazer disto a minha vida. Ainda assim, considero que o desporto é muito importante para o meu físico e para a minha mente”, refere o jovem de 15 anos.
Esta é a segunda vez que a Associação de Futebol de Santarém (AFS) e o McDonald’s de Santarém entregam este prémio. Este ano, Francisco Magusto e Rodrigo Santos, representado pelo seu pai na cerimónia, estrearam-se nestas andanças. Já Rui Belchior repete a distinção do ano passado. “Considero que é uma excelente iniciativa, não só pelo prémio em si, mas sim porque concilia o desporto com a escola e isso é muito importante”, admite Rui Belchior.
Durante a cerimónia de entrega do prémio, Maria Emília Santos, franquiada do McDonald’s de Santarém, relembrou que a primeira edição do prémio “ocorreu por altura dos vinte anos do McDonald’s de Santarém” e que “o objectivo da marca sempre foi e será as famílias, o seu bem-estar”. Tanto a empresária como o presidente da Associação de Futebol de Santarém, Francisco Jerónimo, elogiaram a parceria e desejaram que a mesma se prolongue no tempo.
Já o presidente do município, Ricardo Gonçalves, realçou a postura construtiva da parceria entre a Associação de Futebol de Santarém e o McDonald’s e alertou para os perigos da mediatização do futebol, aconselhando a que “os jovens distinguidos mantenham os pés assentes na terra e continuem o bom trabalho”.
Os premiados, além do diploma, recebem um cheque no valor de 150 euros para compra de material escolar e um bilhete para o jogo da Seleção A de Portugal contra a Ucrânia no Estádio da Luz, no dia 22 de Março de 2019.

Bons de bola e nos estudos

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...