uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Cães voltam a atacar rebanhos em Abrantes
foto DR Jorge Dias está desolado com os sucessivos ataques de cães ao seu rebanho

Cães voltam a atacar rebanhos em Abrantes

Sete ovelhas e oito borregos foram mortos num terreno junto à zona industrial de Alferrarede.

Edição de 26.12.2018 | Sociedade

Sete ovelhas e oito borregos mortos foi o resultado do ataque de cães a um rebanho na noite de quinta-feira, 13 de Dezembro, numa propriedade vedada junto à zona industrial de Alferrarede, em Abrantes.
Já não é a primeira vez que o rebanho de Jorge Dias é atacado por cães. Nos últimos dias já perdeu 18 ovelhas e 26 borregos, diz ao nosso jornal o proprietário dos animais, que mais uma vez fez queixa do sucedido à PSP de Abrantes.
Jorge Dias diz que ainda viu alguns dos cães, que eram de médio porte e não aparentavam serem abandonados. O proprietário está desolado com os sucessivos ataques de cães, que lhe têm causado milhares de euros de prejuízo, e pondera acabar com o rebanho.
Em Novembro do ano passado, Jorge Dias dizia ao nosso jornal que tinha perdido cerca de 150 ovelhas nos cinco anos anteriores, mortas por cães na zona de Abrantes. Apesar de participar as ocorrências à PSP de Abrantes e ao veterinário municipal, o empresário dizia que as autoridades alegam não ter meios para pôr cobro à situação.
De todos os ataques que o seu rebanho sofreu, Jorge Dias diz que só foi ressarcido pela morte de 12 ovelhas, pois nessa altura conseguiram apanhar os cães e apurar quem era o seu proprietário. De resto, tem arcado com os prejuízos.
Na altura, o veterinário municipal de Abrantes, Pedro Godinho, revelava que já tinham sido capturados alguns cães mas como não tinham chip tornava-se difícil apurar quem eram os seus proprietários, caso os tivessem. O médico confirmava ataques a rebanhos com alguma regularidade na zona de Abrantes e admitia alguma impotência para pôr cobro à situação. “É um problema que temos e que não sabemos como resolver. Apanhar cães em terreno aberto não é fácil”, dizia.

Cães voltam a atacar rebanhos em Abrantes

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...