uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Deputada do CDS-PP desafia Governo a intervir na barreira das Portas do Sol
Patrícia Fonseca colocou um cartaz de perigo na estrada entre Alfange e Ribeira de Santarém

Deputada do CDS-PP desafia Governo a intervir na barreira das Portas do Sol

Acção insere-se na iniciativa “País preso por arames”, dinamizada pelo partido.

Edição de 26.12.2018 | Sociedade

A deputada do CDS-PP eleita por Santarém, Patrícia Fonseca, desafiou no sábado, 15 de Dezembro, o Governo a avançar com obras de estabilização na encosta das Portas do Sol, em Santarém, dado o risco de derrocadas sobre a linha ferroviária do Norte. Patrícia Fonseca foi uma das deputadas centristas que deu arranque à iniciativa “País preso por arames”, promovido pelo CDS. O objectivo é, durante 15 dias, questionar o Governo sobre 12 pontos críticos nas infraestruturas do país e pedir que sejam célebres nas obras.
Patrícia Fonseca esteve na estrada entre Alfange e Ribeira de Santarém e colocou um cartaz junto à linha ferroviária a alertar para o perigo em que se encontra também aquela estrada paralela à linha e ao rio Tejo.
“Isto é uma situação urgente, pois temos mesmo aqui ao lado a linha do Norte onde passam milhares de pessoas diariamente. É o Governo que se vai responsabilizar caso ocorra um deslizamento de terras no momento em que vai um comboio a passar?”, questionou a deputada, garantindo que seria uma “autêntica tragédia, se calhar ainda pior que aquela que aconteceu em Borba”.
Há duas semanas também a Câmara de Santarém reafirmara a sua “enorme preocupação” com a ausência de informação da IP sobre a consolidação da encosta das Portas do Sol, dado o perigo de derrocadas sobre a principal via ferroviária do país.

Deputada do CDS-PP desafia Governo a intervir na barreira das Portas do Sol

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...