uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Voltando à Rua de Santana em Abrantes

Edição de 06.02.2019 | O MIRANTE dos Leitores

Volto a referir-me, com chamada de atenção à senhora presidente da câmara, ao estado em que se encontra a Rua de Santana, em Abrantes. Residentes e não residentes olham com desagrado para o péssimo e até perigoso estado daquela entrada da cidade pelo lado norte.
Parece começar a avistar-se lá ao longe, uma luz ao fundo do túnel, com a transformação do Colégio em Agrupamento Escolar, fazendo com que a rua seja indispensável e venha a ser arranjada. Esperamos que assim seja.
Todavia, talvez ainda mais grave, é a Rua 5 de Outubro e a calçada de S. José, para as quais pedimos também a urgente reparação. Na verdade, durante a minha vida profissional como chefe de polícia de viação e trânsito, adquiri larga experiência de trânsito e vias de circulação e, com todo o respeito e consideração, digo que estamos muito mal servidos, especialmente nas entradas e saídas do lado norte.
Na Rua 5 de Outubro, para se sair do Largo da Ferraria, temos de deixar entrar os opostos e só depois podemos arrancar. Na calçada de S. José, aquela descida com 17 a 18 por cento de inclinação, torna-se altamente perigosa, muito especialmente com chuvas e gelos.
A meu ver não será difícil, do cruzamento da GNR, fazer a tal pequena avenida a ligar ao Largo de Santana ou à Rua de Santana, cuja distância rondará os 300 ou 400 metros e até já estão feitos 50 metros à saída do cruzamento da GNR.Resolvidas as anomalias que enumerei ficaríamos com uma belíssima entrada e saída da cidade, como todos desejamos.
Ramiro da Silva

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...