uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Feira Nacional de Agricultura com Marcelo na inauguração
Marcelo Rebelo de Sousa vai estar novamente na inauguração da Feira Nacional de Agricultura, no sábado, 8 de Junho, pelas 12h00

Feira Nacional de Agricultura com Marcelo na inauguração

Presidente da República visita parque de exposições de Santarém no dia 8 de Junho. São várias as novidades na edição deste ano da Feira Nacional de Agricultura/Feira do Ribatejo, certame este ano dedicado ao vinho e à vinha e que tem como palco o CNEMA. Mais sombras e mais estacionamento são boas notícias para os visitantes.

Edição de 12.06.2019 | Especial Feira da Agricultura

Um stand da Comissão Europeia, mais sombras, mais estacionamento, renovação do espaço das tasquinhas e a venda de um copo reutilizável são algumas das novidades da 56ª edição da Feira Nacional de Agricultura/66ª Feira do Ribatejo, que vai decorrer entre 8 e 16 de Junho no Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas (CNEMA), em Santarém. Em paralelo, e a exemplo dos anos anteriores, o CNEMA recebe também a FERSANT – Feira Empresarial da Região de Santarém, promovida pela Nersant - Associação Empresarial da Região de Santarém.
O stand da Comissão Europeia vai contar com seminários e colóquios técnicos, com destaque para a presença do comissário da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, Phil Hogan, no dia 14 de Junho. Nas tasquinhas, exploradas por associações desportivas e culturais locais, foram renovadas as cozinhas e zonas das esplanadas, passando a ter decoração alusiva ao Ribatejo.
Outras das melhorias passaram por alterações na circulação, facilitando o acesso ao grande ringue, pelo aumento das zonas sombreadas e por um novo espaço de estacionamento, que continua a ser gratuito. O copo reutilizável do certame vai estar à venda por um euro e pretende acabar com as centenas de milhares de copos de plástico que são usados todos os anos.
E porque o tema deste ano do certame é a vinha e o vinho, os visitantes, tal como aconteceu em 2017 e 2018, vão poder ter contacto junto à entrada principal do CNEMA com as diferentes formas de vinha existentes em Portugal.
Já na nave A, os visitantes vão poder, por exemplo, saber como escolher o copo certo, o prato mais indicado ou a temperatura ideal para cada vinho, além de cursos de iniciação à prova de vinhos, provas temáticas de vinhos do Porto, Madeira e Moscatel de Setúbal, ‘masterclass’ de vinhos Casta Negra Mole, de Fernão Pires, de Vinhos Velhos, entre outras.
O destaque dado este ano ao sector do vinho foi justificado pela importância que este tem vindo a adquirir na economia e na agricultura nacionais e pela qualidade crescente que tem permitido a conquista de prémios internacionais. “Basta ver que os chefes neste momento elaboram mais o prato consoante o vinho e não o contrário”, referiu na apresentação do certame Luís Mira, da administração do CNEMA.

Autocarro eléctrico na frota

A empresa Rodoviária do Tejo vai manter a parceria com o CNEMA, disponibilizando transporte diário desde a estação ferroviária para a Feira Nacional de Agricultura. Este ano, a novidade é a integração na frota de um autocarro eléctrico, amigo do ambiente. A empresa tem ainda carreiras específicas, em que o preço do bilhete já inclui entrada na FNA, a partir de Lisboa, de Alpiarça e Rio Maior, assegurando o regresso mesmo aos que fiquem até de madrugada.

Feira Nacional de Agricultura com Marcelo na inauguração

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido