Sociedade | 26-12-2004 10:39

Mais de 2.500 mortos em sismo na Ásia

Mais de 2.500 pessoas mortas e milhares de desaparecidos é, até ao momento, o balanço oficial de um maremoto que atingiu vários países do Sudeste asiático, provocado por um sismo de grau 8,9 na escala de Richter ao largo da ilha indonésia de Sumatra.

Mais de 2.500 pessoas mortas e milhares de desaparecidos é, até ao momento, o balanço oficial de um maremoto que atingiu vários países do Sudeste asiático, provocado por um sismo de grau 8,9 na escala de Richter ao largo da ilha indonésia de Sumatra.Cerca de 150 pessoas morreram no norte da ilha indonésia de Sumatra devido ao sismo de grau 8,9 na escala de Richter, uma escala cujo grau máximo é nove, e ao maremoto que se seguiu.No Sri Lanka, o maremoto terá provocado perto de 1.300 mortos e centenas de desaparecidos, de acordo com os últimos dados oficiais de vários balanços constantemente actualizados.Ainda em consequência do sismo, 300 presos conseguiram evadir- se de uma prisão de alta segurança no Sri Lanka.Também a Índia foi afectada pelo maremoto, tendo, até ao momento, sido contabilizadas perto de mil pessoas mortas e centenas de desaparecidas no sul daquele país.O mesmo acontece no sul turístico da Tailândia, onde terão morrido 99 pessoas, ficado feridas 1.100 e desaparecidas perto de cem, enquanto que na Malásia, as autoridades anunciam sete mortos.Até ao momento não há notícias de turistas portugueses entre as vítimas mortais do sismo.Dos turistas portugueses que se encontram na ilha de Phuket, Tailândia, hoje atingida pelos maremotos, não há até agora notícia de vítimas entre eles, segundo apurou a Lusa junto de várias fontes.A ilha de Phuket é um dos destinos turísticos preferidos de portugueses residentes em Macau, especialmente nesta altura do ano.Vários portugueses que se encontram naquela ilha que já contactaram os seus familiares indicaram que tiveram de abandonar os hotéis situados junto à costa, devido às ondas gigantescas, sendo transferidos para unidades hoteleiras situadas em pontos mais altos.De acordo com uma portuguesa que se encontrava de férias nas famosas Pipi Island, Irina Carvalho, na Tailândia, o cenário é de destruição, só se vislumbrando destroços junto à costa, e o pequeno cais da ilha principal ficou completamente destruído.O sismo, que se repercutiu um pouco por todo o sudeste asiático, atingiu o grau 8,9 na escala aberta de Richter, ocorreu às 07:59 (hora local), 00:59 em Lisboa, com epicentro no subsolo marinho ao largo da costa ocidental da ilha de Sumatra, 1.620 quilómetros para noroeste de Jacarta.Além de várias réplicas, o sismo originou maremotos e inundações em muitos países da zona, especialmente no Sri Lanka, com o número total de vítimas a aproximar-se de um milhar, segundo estimativas.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1359
    11-07-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1359
    11-07-2018
    Capa Médio Tejo