Sociedade | 27-12-2004 09:40

Bastonário dos Médicos quer criar gabinete do doente

O recém-eleito bastonário da Ordem dos Médicos, Pedro Nunes, quer criar um gabinete do doente para mediar conflitos entre os profissionais e os utentes, de acordo com uma entrevista que o Público divulga hoje.Na primeira entrevista depois de ser eleito representante dos médicos, a 16 de Dezembro, Pedro Nunes diz também que pretende anexar ao estatuto disciplinar da Ordem a pena de multa.

O bastonário esclarece que o gabinete que será criado a nível nacional "será um gabinete de porta aberta" onde estejam médicos disponíveis para "discutir e orientar os doentes que acham ter motivo para apresentar queixa"."Quero criar um gabinete onde os médicos possam explicar ao doente que certas situações não resultam da negligência dos profissionais e que ao mesmo tempo sirva para apoiar o utente que tem razão para protestar", disse acrescentando que na Ordem entram "centenas, milhares de queixas".O novo bastonário, que sucedeu a Germano de Sousa, anuncia também que não terá "pejo" tal como já o fez de pedir ao ministério da Saúde para que seja anexado ao estatuto disciplinar da OM a pena de multa, por considerá-la "muito mais dissuasora do que a censura ou a publicidade de pena".Pedro Nunes reconhece que a "acção inspectiva da OM tem sido inibida pelos próprios mecanismos do estatuto disciplinar, pela não existência de penas pecuniárias e (Ó) pela dificuldade de julgar centenas de casos por cinco médicos em 'part-time'".

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo