Sociedade | 12-01-2005 21:17

Seca põe culturas e pastagens em risco

O Ribatejo está a ficar árido e seco. Começam a faltar pastagens para o gado, as culturas de Outono/Inverno estão em risco e as de regadio vão pelo mesmo caminho, se entretanto não começar a chover. Há 13 anos que não se via um Inverno assim.Foi a partir de Novembro que a situação se começou a complicar, mês em que os valores da pluviosidade foram muito inferiores aos normais. A ausência de chuva prolongou-se em Dezembro, com o Instituto Nacional de Meteorologia a classificar quase todo o território como “extremamente seco”.Os agricultores ribatejanos estão preocupados. É raro o dia em que à Agrotejo, associação de agricultores da zona da Golegã e Chamusca, não cheguem pedidos de informações sobre as previsões meteorológicas. “A continuar o tempo assim não há reforço dos fluxos de água subterrâneos, o que faz com que os pastos comecem a faltar”, diz aquele responsável, acrescentando que os agricultores já estão a dar suplementos alimentares aos animais.Reportagem mais alargada na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo