Sociedade | 14-01-2005 11:14

Bombeiros a tempo inteiro

As seis corporações de bombeiros do concelho de Vila Franca de Xira vão ter Grupos de Intervenção Permanente (GIP). Quatro GIP entraram em funcionamento no início do mês nas corporações de Alhandra, Castanheira do Ribatejo, Póvoa de Santa Iria e Vialonga. Mais tarde começam a funcionar em Alverca e Vila Franca de Xira, onde decorre o processo de recrutamento de candidatos.Cansada de esperar pelo apoio prometido pela administração central, a Câmara decidiu avançar por sua conta e risco e aprovou por unanimidade o protocolo que viabilizou a criação dos GIP. A medida vai custar 252 mil euros mensais. Cada corporação recebe cerca de 42 mil euros, durante 14 meses, destinados a pagar os honorários porque a segurança social será assumida pelo Serviço Nacional de Bombeiros e Protecção Civil (SNBPC).Os grupos são formados por cinco bombeiros que foram recrutados entre os voluntários inscritos em cada associação. Os bombeiros vão ter de cumprir um horário de 40 horas semanais, adaptado às necessidades de cada corpo activo. Cada elemento receberá em média um subsídio de 600 euros pelo serviço prestado e continuará a cumprir as suas escalas como voluntário.Este artigo está mais desenvolvido na edição semanal de O MIRANTE que pode ver on line ou em papel.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo