Sociedade | 20-01-2005 19:51

Beber ajuda mulheres a ficar alerta na velhice

O consumo diário de álcool em quantidade moderada ajuda as mulheres a preservar as suas capacidades mentais à medida que envelhecem, indica o estudo mais extenso feito até hoje sobre este assunto.A investigação, que abrangeu 12.480 mulheres com idades entre 70 e 81 anos, seguidas durante dezenas de anos, mostrou que as que consumiam diariamente um copo de vinho, cerveja ou um álcool forte, durante pelo menos quatro anos, corriam 20 por cento menos riscos de sofrer um declínio das suas capacidades cerebrais ao envelhecer."Pequenas quantidades de álcool parecem ser benéficas para o cérebro", sublinhou Francine Grodstein, do Hospital das Mulheres de Bóston (Massachusetts), que dirigiu o estudo hoje publicado no New England Journal of Medicine."As mulheres que bebem regularmente meio copo de uma bebida alcoólica por dia têm as mesmo tempo menor redução da capacidade e das suas funções cognitivas, em comparação com as que nunca consumiram bebidas alcoólicas", acrescentou.Enquanto que um forte consumo de álcool acarreta graves problemas de saúde para a maioria das pessoas, beber moderadamente ajuda a viver melhor, com melhor saúde e durante mais tempo, referem também os autores desta investigação.Vários estudos anteriores mostraram já os benefícios de um consumo moderado de álcool para o coração e a circulação sanguínea, segundo explicaram os cientistas participantes na investigação.Por outro lado, as bebidas alcoólicas poderão também reduzir os riscos de pequenos acidentes vasculares cerebrais (ACV), chamados "silenciosos" que, sem que ninguém se aperceba, podem debilitar as capacidades mentais.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo