Sociedade | 26-01-2005 10:24

Certificada nefrologia do Centro Hospitalar do Médio Tejo

O serviço de doenças renais do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) foi o primeiro a obter certificação ISO 9001 em Portugal, o que permite uma melhoria dos cuidados prestados, disse à Agência Lusa fonte daquela unidade.A certificação permite uma uniformização dos procedimentos e uma "melhoria contínua e constante dos serviços prestados", afirmou a fonte, sublinhando que o Serviço de Nefrologia do CHMT serve uma população de aproximadamente 500.000 habitantes.Instalado no Hospital de Torres Novas, o serviço serve, além dos outros dois hospitais que integram o CHMT, Tomar e Abrantes, o Hospital de Santarém, o qual possui consulta de nefrologia mas não internamento nem hemodiálise.Segundo uma nota do CHMT, a certificação atribuída abrange a prestação de serviços de nefrologia nas actividades de internamento, consulta externa, técnicas depurativas (hemodiálise, hemofiltração, plasmaferese e hemoperfusão) e apoio nefrológico interno e externo.O Serviço de Nefrologia do CHMT é composto por uma Unidade de Internamento e por uma Unidade de Diálise, funcionando com uma equipa constituída por cinco médicos, 21 enfermeiros, dois administrativos e dez auxiliares de acção médica.Com 11 camas, o serviço teve, durante o ano de 2004, 224 internamentos, 2.516 sessões de hemodiálise e 1.388 consultas, disse a fonte.Em curso está o processo de certificação da Imuno- hemoterapia, nos pólos de Torres Novas, Abrantes e Tomar, cuja auditoria vai decorrer quinta e sexta-feira, estando os três hospitais envolvidos num processo de acreditação global segundo a norma da Joint Commission International, acrescenta a nota.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo