Sociedade | 28-01-2005 10:36

Vila Franca é Capital do Cartoon

O cartoonista António inaugura no sábado uma exposição retrospectiva dos 30 anos de carreira em Vila Franca de Xira, no âmbito da iniciativa "Cartoon Xira 2004", foi hoje anunciado em Lisboa.A sexta edição da mostra "Cartoon Xira 2004" e a exposição "Traços Contínuos" estarão patentes no Celeiro do Patriarcal e são promovidas pela Câmara Municipal de Vila Franca de Xira. A mostra "Traços Contínuos" inclui 200 cartoons, onde se pode ver o primeiro desenho do cartoonista, publicado no jornal "República" em 16 de Março de 1974 e que tinha por título a "Evolução da continuidade"."Este livro e esta exposição revelam o que tenho feito nestes últimos anos, com todos os erros, emendas e correcções que tive de fazer, mas que me fez apreender" afirmou, por seu lado, o cartoonista que prefere adjectivar a mostra como panorâmica, em vez de retrospectiva."Não é possível conhecer a história do país nos últimos 30 anos sem os cartoons do António", adiantou José Jorge Letria, assessor da presidente da Câmara de Vila Franca de Xira, Maria da Luz Rosinha.Esta mostra apresenta ainda uma particularidade, o facto de serem expostas, algumas pela primeira vez, "objectos escultóricos" da autoria de António.Oito esculturas, duas em cerâmica datadas de 1985 e seis em bronze criadas em 2003 e 2004 constituem uma pequena mostra paralela."Eu fiz um pouco o percurso ao contrário, já que o normal é os artistas plásticos passarem das chamadas artes mais tradicionais, como a pintura e a escultura, para os cartoons", salientou."O que acaba por me dar mais satisfação, pois não tenho que seguir nenhuma linha, tenho mais liberdade e divirto-me mais e quem sabe se um dia não faço uma exposição só de escultura" comentou."Tenho pena de não poder dizer - `Fui até onde fui capaz de ir'", disse António, fazendo o balanço da sua carreira.O artista comparou a sua carreira a um automóvel com cinco mudanças, mas onde não se vai mais além do que a terceira porque "há muitos projectos que não pude concluir, porque há muitas portas que se fecham e eu não quis pagar certos preços para as abrir".No entanto, não deixou de se mostrar satisfeito com o facto de ter desenhos seus em antologias mundiais de cartoons e ter recebido vários prémios internacionais, sem nunca ter saído de Portugal.Por sua vez, a mostra "Cartoon Xira 2004" é constituída por 100 trabalhos e que apresenta de forma perspicaz e humorística o ano político, social e cultural português através dos cartoons de António, Cid, Maia e Vasco.A par da inauguração das exposições, vão ser lançados os livros "Cartoons Xira 2004" e "Traços Contínuos", com chancela da Assírio e Alvim.As exposições "Cartoons do Ano 2004" e "Traços Contínuos", patentes até ao dia 27 de Fevereiro, podem ser visitadas de terça a sexta-feira das 14:00 às 19:00 e aos sábados e domingos das 15:00 às 19:00.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo