Sociedade | 08-02-2005 16:46

Acesso ao Santuário de Fátima por Monte Real

O presidente da Câmara de Ourém (PSD) mostrou-se hoje satisfeito com a proposta do governo em abrir a base área de Monte Real ao tráfego civil, considerando que essa medida vai facilitar o acesso dos peregrinos ao Santuário de Fátima."É um desejo já antigo de toda a região e do Santuário em particular", afirmou David Catarino, salientando que o acesso dos peregrinos será facilitado, nomeadamente no que diz respeito aos voos charter.Na segunda-feira, o primeiro-ministro demissionário, Pedro Santana Lopes, assinou um protocolo que irá possibilitar a abertura da Base Aérea de Monte Real, em Leiria, à aviação civil, dentro de um ano, iniciando um processo de criação de uma "rede integrada de aeroportos secundários, localizados estrategicamente no território".Para David Catarino, a abertura da base aérea nº5 a aviões civis vai "permitir um acesso mais direccionado à região" e responde aos apelos nesse sentido feitos por vários operadores turísticos.Na sua opinião, este projecto não entra em conflito com a construção do aeroporto internacional da Ota nem com o novo aeródromo regional de Fátima, considerando que são projectos diferentes. Quanto ao aeródromo regional de Fátima, David Catarino afirma que esta obra "visa outro tipo de usos", como "aeronaves privadas" de menor dimensão ou protecção civil.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo