Sociedade | 04-03-2005 17:45

Acessórios de figuras públicas ajudam associação de deficientes

Um cachecol do Sporting de Jorge Gabriel e uns óculos de Pedro Abrunhosa são alguns dos objectos a leiloar sábado e domingo no Cartaxo, cuja receita reverte em parte para uma associação de apoio ao deficiente mental.A verba resultante da venda de livros, relógios, lenços, cachecóis e outros objectos de figuras públicas vai permitir à Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) iniciar um "bolo" destinado ao arranjo das instalações sanitárias da instituição, disse hoje à Agência Lusa a presidente da direcção da associação do Vale de Santarém, Maria do Céu Dias.O leilão a favor da APPACDM decorre no âmbito da Feira de Stocks que este fim-de-semana se realiza no Cartaxo, por iniciativa da Associação Empresarial da Região de Santarém (Nersant).Frequentada por perto de 200 utentes, a delegação de Santarém da APPACDM funciona na Quinta de Nossa Senhora do Rosário, no Vale de Santarém, doada à instituição pelas religiosas depois da Revolução de 1974, em instalações que necessitam de muitas obras de adaptação e conservação, afirmou Maria do Céu Dias.A responsável adiantou que a instituição está a atravessar um momento particularmente difícil, o que tem levado a adiar as obras no edifício.A APPACDM de Santarém, que quinta-feira assinalou os 33 anos de existência, é a instituição mais antiga do distrito vocacionada para o apoio e acolhimento de pessoas com deficiência mental.Com o aparecimento de outras instituições, nos últimos anos passou a receber utentes apenas de Santarém e dos concelhos limítrofes, como o Cartaxo, onde não existe qualquer equipamento do género.Com mais de 40 utentes do Cartaxo, a APPACDM aguarda pela concretização de um projecto para criação de uma residência e de um centro de actividades ocupacionais.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo