Sociedade | 18-03-2005 18:25

Compal subiu vendas em ano de crise

A Compal, empresa sedeada em Almeirim, obteve um crescimento de 15,4 por cento em vendas, para 158 milhões de euros, fechando o exercício com 145 milhões de litros/quilos produzidos, mais dez por cento relativamente ao mesmo período de 2003.Num ano marcado pela estagnação económica, com consequências directas na retracção do consumo em todos os sectores, os números alcançados em 2004 demonstram a capacidade competitiva da empresa a todos os níveis – produção, distribuição e gestão das marcas que compõem o seu universo.Do valor total das vendas, 136 milhões foram “fornecidos” por consumidores nacionais, um aumento de 14,7 por cento face ao ano anterior.O mercado externo foi também uma área que registou forte crescimento em 2004, representando 13,6 por cento do volume global de facturação da empresa. Para dar ênfase ao desenvolvimento da área internacional a Compal criou no ano passado uma direcção internacional e de exportação, tendo em vista uma maior autonomia e competitividade na abordagem dos mercados além fronteiras.Por falar em mercados externos, a Compal Espanha apresentou vendas líquidas de oito milhões de euros, mais 14,3 por cento que no ano anterior. Presente no país vizinho desde 2000 a Compal opera no segmento dos sumos premium, vindo a desenvolver uma estratégia gradual de criação de marca e aumento de distribuição.Em termos de divisão de negócios, o segmento dos sumos, néctares e refrigerantes cumpriu novamente com os objectivos estipulados no início do ano, aumentando a sua quota de mercado para 30,3 por cento.A performance da marca Um Bongo, direccionada para o universo infantil, obteve um crescimento notável, atingindo uma quota de 82,1 por cento no mercado de bebidas sem gás para crianças.Nas águas com gás a Frize voltou a mostrar a sua pujança, conquistando uma quota de 22 por cento, depois do lançamento de novos sabores (figo e ananás).No mercado de vegetais e derivados de tomate, a Compal reforçou os valores de liderança obtidos no ano anterior, com crescimento de um por cento em cada um dos três sectores.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo