Sociedade | 04-03-2006 10:06

Distrito em alerta amarelo devido a mau tempo

O distrito de Santarém é um dos que está em alerta amarelo devido à chuva e às rajadas de vento previstas pelo Instituto de Meteorologia. O alerta amarelo aplica-se em situação de risco para determinadas actividades dependentes da situação meteorológica. E para além de Santarém abrange os distritos Porto, Aveiro, Castelo Branco, Leiria, Lisboa, Setúbal e Beja.No resto do país, nove dos dezoitos distritos portugueses estão este fim-de-semana em situação meteorológica de risco moderado e elevado, com o Instituto de Meteorologia a prever ventos com rajadas que podem atingir os 100 quilómetros/hora e queda de neve.Os distritos de Viana do Castelo, Braga, Vila Real, Bragança, Guarda, Viseu, Coimbra, Portalegre e Faro estão em alerta laranja, que corresponde a uma "situação meteorológica de risco moderado a elevado".Apenas no distrito de Évora "não se prevê nenhuma situação meteorológica de risco".Para os arquipélagos dos Açores e da Madeira também não foram emitidos alertas.O Instituto de Meteorologia prevê ventos moderados a fortes nas regiões Centro e Norte de Portugal Continental, especialmente no litoral, com rajadas até 90 Km/hora, e vento forte a muito forte nas terras altas, com rajadas até 100 Km/hora".A neve deverá cair no Norte e Centro, acima dos 1500 metros, durante o dia de sábado, e a partir da noite e até ao fim da tarde de domingo ocorrer em locais situados a partir dos 800 metros.A partir da manhã de sábado, espera-se chuva, por vezes forte, em especial nas regiões do Norte e Centro, que deverá diminuir progressivamente, à tarde, para aguaceiros.Segundo o Instituto de Meteorologia, a partir do fim da manhã de sábado estão reunidas as condições favoráveis à ocorrência de trovoadas e queda de granizo.O Serviço de Bombeiros e Protecção Civil (SNBPC) alerta que estruturas como andaimes, toldos ou tendas podem ser afectadas por rajadas de vento ou queda de árvores e postes e recomenda o encerramento de portas e janelas e que sejam retirados objectos soltos de varandas e peitoris de janelas.Em comunicado, o SNBPC avisa ainda que os condutores devem reduzir a velocidade e ter "especial atenção aos lençóis de água que podem formar-se nas vias e à diminuição da visibilidade, que poderá aumentar o número de acidentes de viação".

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo