Sociedade | 08-04-2006 09:35

Nova ETAR de Samora avança no Verão

A Comunidade Urbana da Lezíria do Tejo (CULT) está a analisar as propostas para a concepção e execução da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) da Esteveira, em Samora Correia, concelho de Benavente.As propostas apresentadas pelos quatro consórcios concorrentes, que variam entre 975 mil euros e 1,5 milhões de euros, estão em fase de avaliação técnica e financeira.A empresa vencedora do concurso público deverá ser conhecida no final de Maio ou princípio de Junho. A ETAR, que será gerida pela empresa Águas do Ribatejo, será dimensionada para servir oito mil habitantes numa primeira fase, mas a infra-estrutura fica preparada para receber efluentes de mais quatro mil habitantes, num total de 12 mil sem perder capacidade. A ETAR será construída em Samora Correia, no mesmo local onde existe a antiga infra-estrutura, que está actualmente desactivada e quase em ruínas. A velha ETAR teve graves problemas de funcionamento e acabou por ser desactivada.A ETAR da Esteveira vai servir o bairro com o mesmo nome, a urbanização do Arneiro dos Corvos e as novas urbanizações do Belo Jardim e Herdade do Pinheiro.Esta é a quinta estação na freguesia de Samora Correia.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo