Sociedade | 12-04-2006 09:40

Cadáver encontrado em Reguengo do Alviela

Um homem na casa dos 50 anos apareceu morto na quarta-feira, 5 de Abril, no rio Tejo, junto à localidade de Reguengo do Alviela, no concelho de Santarém. Segundo o MIRANTE conseguiu apurar, o indivíduo aparentava ser originário dos países de leste e ter entre 50 e 60 anos. Algumas partes do corpo apresentavam já alguma decomposição, o que pode indiciar que já se encontrava no rio há algum tempo.O oficial de relações públicas do comando distrital de Santarém da GNR, major Lopes Pereira, confirmou ao nosso jornal que o cadáver foi descoberto por um pescador que alertou as autoridades.O cadáver não trazia consigo qualquer documento que pudesse ajudar na sua identificação, tendo sido recolhido pelos Bombeiros Voluntários de Pernes e transportado para o hospital de Santarém onde foi autopsiado.As causas da morte não foram reveladas, mas fonte ligada ao processo revelou ao nosso jornal que o homem tinha o pescoço partido e dois orifícios de bala de calibre desconhecido no peito, o que reforça a tese de crime.O caso foi entregue à Directoria de Lisboa da Polícia Judiciária, que está a proceder a investigações para apurar a identidade do homem e as causas da sua morte.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo