Sociedade | 18-04-2006 19:29

Câmara do Entroncamento preocupada com demissão de 23 trabalhadores

Os problemas financeiros da empresa "Fábrica de Malhas Ilda", no Entroncamento, levaram à demissão de 23 operários, anunciou esta terça-feira a estrutura local do Bloco de Esquerda, que conseguiu a aprovação da Câmar a local de uma moção de solidariedade.No documento, aprovado por unanimidade na reunião de segunda-feira, os vereadores da Câmara do Entroncamento manifestam a sua solidariedade aos operári os que, "depois de vários meses sem receberem vencimentos", se viram "forçados a rescindir os respectivos contratos e assumir a situação de desempregados para p oderem recorrer aos subsídios a que têm direito"."Embora se trate de uma empresa privada, o desemprego que atingiu estes trabalhadores, nalguns casos marido e mulher, comporta uma dimensão económica, social e humana que a Câmara Municipal do Entroncamento não pode ignorar", refer e a moção que oferece "os serviços sociais do município" aos trabalhadores.Além disso, os vereadores mandatam o presidente da Câmara para avaliar o problema e "estabelecer os contactos necessários junto das empresas e empresár ios envolvidos, com vista a uma completa identificação do problema e das perspec tivas da sua resolução".Na moção, os vereadores da autarquia consideram ainda que "continua por reconhecer e compensar justamente o enorme esforço e trabalho de anos a fio" de sses operários que agora se despediram.O documento foi apresentado pelo vereador do Bloco de Esquerda mas foi aprovado pelos restantes eleitos do Executivo, (PSD, PS e CDU).

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo