Sociedade | 28-04-2006 11:56

Assaltantes de ourives de Benavente condenados

Dois romenos e um moldavo, suspeitos de envolvimento de um assalto à mão armada a uma ourivesaria de Benavente, em Dezembro de 2004, foram condenados a penas de prisão que oscilam entre os nove e os quatro anos e seis meses.A condenação inclui as penas por sete roubos à mão armada em ourivesarias de todo o país e o acórdão foi lido na quinta-feira no Tribunal de Condeixa-a-Nova.O grupo acusado de associação criminosa envolve sete suspeitos, mas só três foram julgados. Os restantes quatro fugiram da prisão de Coimbra, em Junho do ano passado, depois de escalarem um muro com cerca de quatro metros. Um dos romenos foi condenado a nove anos de cadeia, o outro a seis, enquanto a um moldavo foi aplicada a pena de quatro anos e seis meses. O tribunal decretou ainda que os três sejam expulsos do país após o cumprimento destas penas.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo