Sociedade | 28-04-2006 18:47

Voto de pesar por Eulália Teigas Marques

A Assembleia Municipal de Santarém aprovou na tarde de quinta-feira, 27 de Abril, um voto de pesar pela morte de Eulália Teigas Marques, que faleceu na madrugada desse mesmo dia vítima de doença prolongada.A professora aposentada que durante muitos anos leccionou na Escola Secundária Sá da Bandeira era uma figura ligada à vida cultural e associativa de Santarém. Era considerada uma estudiosa da obra do poeta oitocentista Guilherme de Azevedo, natural da cidade.O Círculo Cultural Scalabitano, a Comissão das Comemorações Populares do 25 de Abril e a Escola de Música de Santarém foram algumas das associações ou entidades a que deu o seu contributo.Já em estado avançado de doença, Eulália Teigas Marques foi alvo de uma derradeira homenagem por ocasião do Dia Mundial da Mulher, assinalado a 8 de Março.Na mesma sessão, o plenário, por proposta da câmara, aprovou ainda um voto de pesar pela morte do presidente da Junta de Freguesia da Pena (Lisboa), Amândio Silva, assassinado por um ex-trabalhador da autarquia.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo