Sociedade | 25-05-2006 10:03

Os romeiros de São Martinho

No sábado, a Golegã parou para ver passar os romeiros de São Martinho. A maioria trajada a rigor, sentada na sela de um puro-sangue português ou conduzindo as charretes.“Está gordo o seu cavalo”, diz José Alegre para o cardiologista Gorjão Clara. Pela familiaridade com que trocam palavras percebe-se que já se conhecem há longo tempo. São ambos romeiros de São Martinho e vieram à Golegã participar na quinta romaria.José Alegre é o grande homenageado da romaria de sábado. O primeiro romeiro de honra da história da romaria. “Por ser um dos cavaleiros mais antigos que vem à Golegã e por ser um homem por quem os romeiros têm respeito e admiração”, diz Gorjão Clara do alto do seu cavalo preto.Vestido a preceito, José Alegre responde com modéstia –“sou apenas um anónimo apaixonado por cavalos”. Viajou de Alcácer do Sal e foi o primeiro a chegar à capital do cavalo. Um espírito jovem de quem começou a montar há 80 anos, quando tinha apenas três anos de idade. Mais desenvolvimentos na edição semanal.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo