Sociedade | 31-05-2006 18:20

Verdes" contestam construção de edifício

O Partido Ecologista "Os Verdes" (PEV) acusou o presidente da Câmara de Almeirim de ter dado o seu aval pessoal à construção de um edifício com três pisos na sede de concelho sem que existissem projectos aprovados.Segundo a agência Lusa, a vereadora da CDU e dirigente do PEV Manuela Cunha questionou, em comunicado, o executivo socialista sobre a construção de um edifício no Largo João de Deus que ainda não tinha uma placa de identificação da obra.A obra já seguia no terceiro piso e o despacho de arquitectura do presidente da Câmara tinha data de há duas semanas, muito depois de os trabalhos de construção terem começado, acusa o PEV.Perante estas questões, o presidente da Câmara, José Sousa Gomes, "assumiu que deu autorização para que a construção de um edifício de três pisos avançasse antes de os projectos terem sido aprovados, segundo os procedimentos normais e legais previstos", pode ler-se no comunicado da CDU.Para Manuela Cunha, "esta violação às leis do urbanismo não é novidade", mas tem sido uma "prática corrente da Câmara Municipal de Almeirim, de maioria socialista".A agência Lusa tentou obter esclarecimentos sobre esta matéria junto da Câmara Municipal, mas fonte do gabinete de Sousa Gomes alegou que qualquer resposta só poderia ser dada pelo autarca que hoje não se encontra disponível.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Vale Tejo