Sociedade | 02-10-2006 20:55

Sousa Gomes garante que tribunal não sai de Almeirim

O Tribunal de Almeirim não vai encerrar. A garantia foi dada pelo presidente do município, José Sousa Gomes (PS), após uma reunião com o Secretário de Estado da Justiça, Conde Rodrigues, esta segunda-feira. O autarca disse a O MIRANTE que o governante tem informação detalhada sobre os problemas do tribunal e que a situação está a ser acompanhada pelo Ministério da Justiça no terreno. Segundo Sousa Gomes a directora geral do Ministério da Justiça tem-se deslocado ao tribunal para verificar em que situação este está a funcionar. Acrescentando que dois inspectores do ministério vão quinzenalmente ao palácio da justiça acompanhar os trabalhos dos funcionários. O autarca informou ainda que a secretária judicial pediu para ser transferida e que o escrivão vai ser substituído. O presidente trouxe ainda da reunião a possibilidade de em Novembro o quadro de funcionários ser reforçado com mais duas pessoas. Garantido está também que a construção de um novo edifício não vai ser possível até ao final de 2007, visto o ministério dar prioridade a outros tribunais que estão em situação pior. Quanto à criação de um segundo juízo, reclamada desde que o tribunal abriu há cerca de cinco anos, o autarca diz que o secretário de Estado ficou sensibilizado para a situação e que prometeu estudar o caso.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo