Sociedade | 03-10-2006 15:28

Judiciária investiga queixa de rapto em Tomar

Uma jovem estudante de 18 anos, residente em Tomar, queixou-se de ter sido vítima de rapto e sequestro no sábado passado, por volta das 20h00, quando subia a rampa do mercado semanal da cidade. De acordo com fonte policial a jovem terá ficado ofuscada com as luzes dos faróis de um veículo e quando se apercebeu da situação já era tarde demais.Um indivíduo, aparentando 40 anos, saiu de dentro do carro e agarrando-a pela cintura meteu-a dentro do porta-bagagens do automóvel. Onde teria também um pau, que a jovem utilizou para chamar a atenção, ao mesmo tempo que gritava.De acordo com a PSP de Tomar, o homem ter-se-á enervado por causa do barulho, parando o carro junto à fábrica da Platex, nas imediações da cidade. E foi quando abriu a bagageira do carro que a jovem conseguiu fugir pela estrada, acabando por apanhar boleia de um automobilista que passava no local.A jovem apresentou queixa na esquadra da PSP de Tomar no próprio dia do alegado rapto e sequestro, estando as investigações a cargo da directoria de Coimbra da Polícia Judiciária.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo