Sociedade | 04-10-2006 08:33

Quartel dos bombeiros de Samora em banho-maria

O presidente da Câmara Municipal de Benavente sugeriu um pedido de audiência ao Ministro da Administração Interna para esclarecer a situação do futuro quartel dos Bombeiros Voluntários de Samora Correia.António Ganhão não gostou da resposta dada pelos serviços do ministério a um requerimento feito pela deputada comunista Luísa Mesquita. No documento é dito que o financiamento do quartel só avançará depois de aprovados os projectos de arquitectura e especialidades e após a assinatura do contrato-programa. A resposta sugere ainda a necessidade do Governo fazer uma revisão dos critérios de financiamento das infraestruturas.“Temos razão para ficar preocupados”, referiu o presidente. António Ganhão avançou com a proposta para que a direcção dos bombeiros, a câmara e a junta de freguesia formem um grupo de trabalho para reunir com os responsáveis do MAI.Recorde-se que em Janeiro de 2005 foi assinado um protocolo que viabilizava o financiamento de um quartel tipo B com uma verba de cerca de 503 mil euros. A câmara e a associação assumiram o restante.O terreno para a construção do quartel já está disponível há vários anos junto à EN 118, próximo do depósito da água e num dos limites urbanos de Samora Correia e Porto Alto.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Médio Tejo