Sociedade | 04-10-2006 08:32

Refer vai alterar traçado da Linha do Norte em Santarém

A Refer decidiu investir nos próximos anos no desvio do traçado da Linha do Norte na zona de Santarém. O troço entre Vale de Figueira e Vale de Santarém deve ser desactivado, construindo-se uma variante ferroviária que passará um pouco a norte da cidade.O presidente da câmara, Francisco Moita Flores (PSD), disse na sessão da assembleia municipal de sexta-feira que essa garantia já lhe foi dada pela Refer e que as obras deverão ser contempladas já no Orçamento de Estado de 2008. Ainda segundo o autarca, a Refer perspectiva que a obra possa estar concluída em 2011 ou 2012.Ainda segundo o autarca, a Refer está a ultimar o desenho final do desvio da Linha do Norte. “É ponto assente pelo Governo que há alteração do traçado”, disse, em resposta ao presidente da Junta de Freguesia de Alcanhões, Luís Justino (PS), que mais uma vez pediu a eliminação das passagens de nível entre a sua freguesia e a sede de concelho.O autarca de Alcanhões perguntou qual o ponto da situação relativamente à construção da variante à Estrada Nacional 365, que permitiria evitar as duas passagens de nível existentes entre Alcanhões e Santarém. Moita Flores nada disse sobre esse assunto. Mas perante o anúncio de que a Refer iria assumir a construção do novo traçado Luís Justino desabafou: “Esperar até 2011 é estrangular Alcanhões mais cinco anos”. E lançou um pedido: “Gostava que Alcanhões ficasse livre das passagens de nível neste mandato”.O MIRANTE já há duas semanas pediu esclarecimentos ao gabinete de comunicação da Refer sobre as suas intenções de investimento na Linha do Norte na zona de Santarém. Até à data não foi obtida qualquer resposta.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo