Sociedade | 09-10-2006 15:24

GNR agredido em Samora Correia

Um soldado da GNR, do posto de Samora Correia, foi agredido, a soco, por um homem de nacionalidade brasileira, e teve de receber tratamento hospitalar, sendo suturado com vários pontos, numa ferida contusa no sobrolho. O caso aconteceu no sábado, por volta das 20h00, depois da patrulha da GNR ter sido chamada para tomar conta de um acidente de viação. O cidadão brasileiro despistou-se e causou alguns estragos e entrou em litígio com alguns populares. Os soldados da GNR chegaram ao local e trataram de dar protecção ao indivíduo, colocando-o no carro patrulha. Depois terem protegido o indivíduo, os militares verificaram que não trazia documentos e tinha sinais de estar alcoolizado, por isso dirigiram-se a sua casa para que ele fosse buscar os documentos. Foi aí, precisamente na altura em que saia do carro, que o cidadão brasileiro agrediu o soldado a murro e tentou fugir. Acabou por ser dominado e sujeito ao teste de alcoolémia acusou uma taxa de 1,68, superior ao permitido por lei. Foi detido e presente ao Tribunal de Benavente, que comprovou que estava também ilegalmente em Portugal, pelo que o juiz determinou que o processo passasse a inquérito e decretou o termo de identidade e residência para o cidadão brasileiro.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo