Sociedade | 18-10-2006 08:50

Auto-estradas da Brisa com serviço de assistência para surdos

A comunidade surda portuguesa vai ter ao seu dispor a partir desta quarta-feira um serviço especial de informação e assistência na s auto-estradas através de mensagens escritas de telemóvel.O novo serviço, que surge ao abrigo de um protocolo entre a Brisa e a Federação Portuguesa das Associações de Surdos a assinar quarta-feira no auditório da Câmara Municipal da Amadora, abrange um universo potencial de 150 mil surdo s.Segundo a empresa, este desafio lançado à Brisa pela federação visa tornar mais seguras as deslocações dos automobilistas nos principais eixos rodoviários da sua concessão.A Brisa tem a concessão de onze auto-estradas portuguesas: A1 (Norte), A2(Sul), A3 (Porto-Valença), A4 (Porto-Amarante), A5 (Cascais), A6 (Marateca-Caia), A9(Crel), A10 (entre Bucelas e Arruda), A12 (Montijo-Setubal), A13 (Almeirim -Marateca) e A14 (entre a Figueira da Foz e Coimbra).Este serviço consiste num número de telefone através do qual os automobilistas surdos poderão solicitar socorro e assistência, além de informação, através de SMS. Os SMS enviados pelo cliente serão pagos de acordo com os tarifários da sua operadora, enquanto os SMS de resposta enviados pela Brisa não têm qualquer custo. O número de telefone para o qual os utilizadores das auto-estradas da Brisa poderão mandar SMS será distribuído através da federação.Entretanto, a Brisa decidiu ainda que durante a campanha de oferta de identificadores Via Verde, entre 18 de Outubro e 31 de Dezembro, terá uma campanha através da qual irá oferecer a adesão ao seu serviço a toda a comunidade surda .Esta campanha é válida na modalidade de compra de identificadores da cl asse 1, 2 ou para utilização em motociclos. Os cupões estarão disponíveis nas secretarias das associações de surdos que integram a FPAS, podendo a adesão ser efectuada em qualquer Loja Via Verde ou Brisa/Via Verde.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo