uma parceria com o Jornal Expresso
23/06/2017
30 anos do jornal o Mirante
Assine O Mirante e receba o jornal em casa
Sociedade | 12-04-2008 10:25
Moita Flores enaltece rapidez do Governo no caso do tornado
O presidente da Câmara de Santarém, Moita Flores (PSD) enaltece a rapidez com que o ministro da Administração interna, Rui Pereira, tomou medidas com vista a ajudar as populações atingidas pelo tornado que deixou “um rasto de destruição”, no lugar de Canal e Amiais de Baixo, concelho de Santarém.Recorde-se que o ministro esteve em Santarém na quinta-feira para analisar a situação e no mesmo dia levou a conselho de ministros uma proposta para a criação de uma linha de crédito e de uma conta de emergência para “situações de catástrofe”, que foi aprovada. A abertura da conta e da linha de crédito “demorará algumas semanas”, por seguir “os trâmites normais” de promulgação e publicação do decreto-lei.As localidades afectadas pelo tornado na quarta-feira sofreram avultados estragos, na ordem de, pelo menos, sete milhões de euros, que resultaram em sete feridos ligeiros, danos em sete unidades fabris, duas das quais ficaram impedidas de laborar, pondo em causa 56 postos de trabalho, para além de danificar 21 casas, sendo que 6 ficaram sem condições de habitabilidade, desalojando 10 pessoas que foram, na sua maioria, realojadas em casa de familiares e uma família encaminhada para o Centro de Acolhimento e Emergência Social em S. Domingos – Santarém, danificou 25 carros, cortou dezenas de estradas, destruiu e derrubou milhares de árvores.
Comentários
Mais Notícias
    A carregar...
    Edição Semanal
    Edição nº 1304
    22-06-2017
    Capa Vale do Tejo
    Edição nº 1304
    21-06-2017
    Capa Médio Tejo