Sociedade | 29-04-2008 09:27

Novo troço do IC9 abre hoje ao trânsito depois de polémicas com ambientalistas

O novo troço do Itinerário Complementar 9 (IC9) entre a zona de Tomar e Carregueiros é inaugurado hoje depois de vários anos de polémicas com ambientalistas, que acusaram os promotores da obra de destruírem árvores protegidas.Azinheiras e sobreiros foram algumas das espécies alegadamente destruídas pelos empreiteiros da obra, tutelada pela empresa Estradas de Portugal, que sempre negou as acusações.A polémica chegou mesmo a motivar providências cautelares contra a obra por parte da associação ambientalista Quercus mas a via acabou por ser concluída, apesar das polémicas. Segundo os ambientalistas, o troço escolhido pela Estradas de Portugal envolveu a destruição de uma mancha de azinheiras protegidas no limite do concelho de Tomar com Ourém, mas, para a Quercus, a opção por um traçado mais a norte iria diminuir os custos e minimizar os danos, atingindo apenas encostas de eucaliptos.O actual traçado, com cerca de oito quilómetros, custou perto de 37 milhões de euros, com 50 por cento de financiamento comunitário e o projecto envolveu diversas obras de arte já que a zona é acidentada.Para a cidade de Tomar, esta é mais uma etapa de uma rede de novas que vão resolver um dos problemas estruturas do concelho que, embora próximo de grandes centros urbanos como Leiria.Esta via tem sido também considerada uma prioridade para o sector do turismo já que permitirá a ligação do Santuário de Fátima e de três monumentos que estão classificados pela UNESCO (Convento de Cristo e Mosteiros da Batalha e de Alcobaça).

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo