Sociedade | 01-07-2008 13:23

Câmara de Tomar investe 8 milhões e 800 mil euros em equipamentos escolares

A Câmara de Tomar aprovou a abertura dos concursos públicos para adjudicação das empreitadas de construção da Escola Básica D. Nuno Álvares Pereira, com as valências de 1º, 2º e 3º ciclos, e do Centro Escolar de Casais (Escola Básica do 1º Ciclo e Jardim de Infância). A decisão foi tomada em reunião de câmara extraordinária, na sexta-feira, 27 de Junho e representa para Corvêlo de Sousa (PSD), presidente da Câmara de Tomar e Rosário Simões, vereadora com o pelouro da Educação, “um momento de grande satisfação”. Para a autarquia, em causa está a melhoria significativa das condições de ensino das crianças que virão a frequentar estas duas novas escolas. No caso da Escola Básica D. Nuno Álvares Pereira o preço base da empreitada é de 6 milhões e 478 mil euros. A obra tem um prazo de execução de 450 dias. Já a empreitada do Centro Escolar de Casais representa um investimento base de 2 milhões e 330 mil euros, prevendo-se que a obra fique concluída no prazo de um ano. Em relação à nova escola Básica do D. Nuno Álvares Pereira , com as valências de 1.º, 2.º e 3.º ciclos, para além das salas de aulas normais, conta com salas específicas diferenciadas, para Informática, Laboratórios de Ciências e Físico-Químicas, Educação Tecnológica, Educação Visual e Tecnológica e Música. A nova escola integra ainda um auditório, uma biblioteca/centro de recursos, bem como espaços para serviços administrativos, sala de professores, de pessoal, para a associação de pais, gabinetes de apoio, cozinha, refeitório, bufete e sala do aluno. A obra prevê ainda a construção de um pavilhão desportivo e de um espaço desportivo descoberto. Para os arranjos exteriores estão previstas zonas de circulação e de recreio dos utentes. Mais desenvolvimentos na edição semanal

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo