Sociedade | 19-07-2008 16:21

Detido por tentativa de agressão a magistrados aguarda julgamento em liberdade

O homem detido sexta-feira no Tribunal de Santarém, por injúrias e tentativa de agressão a um juiz e dois magistrados do Ministério Público, aguarda julgamento em liberdade depois de ter sido ouvido este sábado no Tribunal do Cartaxo. O próprio disse à Agência Lusa ter “admitido o erro” durante o interrogatório e confirmou que apenas lhe foi decretada a medida de coação de Termo de Identidade e Residência, enquanto “aguarda a decisão”. O indivíduo, pai de uma das crianças abusadas sexualmente e que tem à guarda outra das menores, foi detido no Tribunal de Santarém, poucos minutos após a leitura do acórdão do julgamento do homem acusado de abuso sexual de três menores. O arguido, de 58 anos, foi condenado a quatro anos e meio de prisão efectiva por quatro crimes de abuso sexual. Após a leitura da decisão do Tribunal o pai da menor foi expulso da sala de audiências, por injúrias ao juiz Manuel Pedro. Alguns minutos depois, regressou ao átrio do Tribunal, onde, inconformado com a pena aplicada ao acusado de abuso da sua filha e outras duas menores, terá tentado agredir os magistrados e, perante a situação, o juiz Manuel Pedro ordenou a sua detenção.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Médio Tejo