Sociedade | 31-07-2008 09:26

Juiz determina que crianças de Foros de Salvaterra continuem separadas dos pais

O Tribunal de Menores de Vila Franca de Xira determinou que os três filhos menores de Marília Batista e Joaquim Manuel continuem à guarda do Centro de Acolhimento Temporário da Praia do Ribatejo (Vila Nova da Barquinha) por tempo indeterminado. As crianças foram retiradas aos pais devido às condições de habitabilidade da casa onde viviam. Entretanto o casal de Foros de Salvaterra recebeu a ajuda solidária da população e está a ampliar e melhorar a sua habitação.A decisão do juiz foi conhecida ao final da manhã de segunda-feira, 28 de Julho, e deixou os pais das crianças desolados. Marília Batista queixa-se de não ter tido oportunidade de se defender. “É muito revoltante e angustiante. Senti-me uma criminosa. Não nos deixaram falar e o juiz nem sequer quis ouvir as testemunhas. As pessoas foram notificadas pelo Tribunal para estarem presentes na audiência e no final não são ouvidas e nem lhes dão nenhuma justificação”, afirma indignada.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo