Sociedade | 05-05-2009 07:47

Duas dezenas de cães perigosos ameaçam moradores do Bom Retiro

Os moradores do bairro do Bom Retiro, em Vila Franca de Xira, estão revoltados com a quantidade de cães abandonados que continuam a viver nas ruas. Em apenas um ano a comunidade reproduziu-se e hoje são mais de 20 os cães que aterrorizam quem ali mora. Quatro pessoas já foram atacadas pelos cães e em desespero já houve moradores a envenenar animais. Há vários anos que cães abandonados vagueiam pelas ruas do bairro do Bom Retiro, em Vila Franca de Xira, semeando o pânico entre os moradores e os seus filhos. A comunidade canídea não é castrada nem vacinada e muitos temem que a saúde pública esteja em risco, até porque, tal como o MIRANTE constatou no local, muitos dos animais estão feridos. O problema foi relatado pelo O MIRANTE em Agosto do ano passado, quando ainda haviam nas ruas 12 animais. Actualmente, segundo quem ali vive, são mais de 20. “Têm-se reproduzido bastante, não sabemos o que fazer”, lamentam. Para além das pulgas, carraças e dejectos espalhados pelas estradas e passeios, os moradores queixam-se de latidos pela noite dentro que incomodam o sono. Para os pais, as matilhas de cães abandonados são um perigo. “Todos sabemos que já houve crianças atacadas no passado e actualmente só de irmos para os carros os cães querem atacar-nos, porque pensam que vamos violar o território deles”, lamenta um morador. “Isto está no limite”, desabafa. Noticia completa na edição impressa de O MIRANTE

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo