Sociedade | 26-05-2009 07:18

Novo portão reforça segurança na EBI de Azambuja em Junho

As obras de colocação do novo portão da Escola Básica e Integrada da Azambuja estão na recta final e os alunos poderão começar a usá-lo já no final do mês de Junho. A convicção é da presidente do conselho executivo do estabelecimento de ensino, Eugenia Vaz, que contactada pelo O MIRANTE diz esperar que a solução encontrada pelo município venha a acalmar o clima de violência ali vivido. Recorde-se que o actual portão de entrada na escola fica situado mesmo ao lado das habitações sociais da Quinta da Mina, onde residem várias famílias de etnia cigana que têm sido recorrentemente acusadas por vários encarregados de educação de actos de vandalismo e violência junto dos alunos. Dias depois da passagem de ano foram disparados tiros e no mês de Fevereiro, tal como O MIRANTE já noticiou, foram atiradas dos prédios várias garrafas de cerveja e interruptores da luz, que atingiram alunos e professores. A construção de um novo portão de acesso à escola, longe das varandas dos prédios, foi a solução encontrada pela autarquia para minimizar o problema. Quanto às famílias de etnia cigana está prevista a sua mudança para uns contentores que vão ficar localizados em terrenos da autarquia, junto da actual ETAR. “São contentores mas têm toda a qualidade habitacional e têm capacidade para alojar quatro famílias”, esclarece Luís de Sousa, vice-presidente da Câmara Municipal da Azambuja.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Médio Tejo