Sociedade | 10-01-2010 09:31

Já há projecto para o alargamento do Campo do Pião

A disputar a Segunda Divisão Nacional, O Grupo Desportivo e Recreativo de Monsanto não pode utilizar o seu campo de futebol, porque o rectângulo do Campo do Pião não tem as medidas impostas pelo regulamento do campeonato. Por isso tem que andar com a casa às costas e ao sabor da boa disponibilidade dos dirigentes dos clubes vizinhos.No entanto, segundo o dirigente Orlando Filipe, o clube está a envidar esforços para resolver o problema e já elaborou e entregou na Câmara Municipal de Alcanena o projecto para o alargamento do campo. “Temos tido toda a abertura e apoio da Câmara Municipal de Alcanena, a presidente, Fernanda Asseiceira já pediu para começarmos a procurar as formas de apoio para podermos ter o campo em condições o mais rápido possível”.Segundo o dirigente não é uma obra fácil, é um projecto que vai custar cerca de 200 mil euros. “O clube não tem dinheiro para isso, vamos tentar uma candidatura junto do Estado, sabendo que temos também nesse campo o apoio da autarquia”

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Médio Tejo