Sociedade | 18-01-2010 14:18

Bairro Novo da Figueira e Soda Póvoa nas mãos dos moradores

A Câmara Municipal de Vila Franca de Xira vai proporcionar aos habitantes do Bairro Novo da Figueira (Sobralinho) e do Bairro da Soda Póvoa, a possibilidade de adquirirem o imóvel onde vivem. A autarquia assinou um protocolo com o Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social, permitindo a transferência do património. O objectivo é vender os apartamentos a preços atractivos e acessíveis aos moradores que vivem nas casas arrendadas destes bairros históricos. João Luís Bastos, de 41 anos, viveu toda a vida no bairro da Soda Póvoa. Foi lá que passou a infância, foi nestas ruas que jogou à bola, correu, cresceu, e começou a namorar. Foi no bairro que conheceu a esposa, Sílvia Fonseca, de quem tem hoje dois filhos. “Este bairro é uma ilha no Forte da Casa. Toda a gente se conhece e há um grande sentido de comunidade, que é diferente dos outros sítios. O meu pai viveu aqui, eu vivo aqui, foi aqui que conheci a minha mulher e agora tenho gosto que os meus filhos cresçam aqui”, diz com orgulho.O membro da associação de moradores gostava por isso de manter a tradição e as raízes do bairro e que toda a gente que conhece desde criança pudesse adquirir o apartamento em que habita, para que o espírito não se perdesse. O espírito no Bairro Novo da Figueira é o mesmo, por isso mesmo Brízida Real, de 68 anos, também se mostra interessada na compra da casa arrendada onde habita. A moradora no número 4 mostra-se no entanto mais cautelosa. “Tudo vai depender do preço e das condições que nos forem oferecidas. O bairro está a precisar de grandes obras”, sublinha.Tal como o Bairro da Soda Póvoa, o Bairro Novo da Figueira é um bairro histórico, construído para os trabalhadores da antiga fábrica de lanifícios, Pentealã.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo