Sociedade | 25-01-2010 09:43

Autogolo dita derrota do Juventude da Castanheira

Um autogolo sofrido logo aos 10 minutos de jogo foi o suficiente para o Clube Desportivo Vila Franca do Rosário derrotar fora de portas a equipa do Juventude da Castanheira por 1-0.O lance ocorreu na sequência de um canto batido de forma directa por Nelson Torres, do lado direito do ataque, com a defesa do Juventude a tocar na bola e a trair o guarda-redes Marco Oliveira, que apresentou a braçadeira de capitão, na ausência de João Saldanha, por castigo.O Vila Franca do Rosário entrou mais forte, contrariando o favoritismo da equipa da casa na primeira metade do jogo, e criando os melhores lances de perigo. Com o regresso dos balneários, a equipa da Castanheira do Ribatejo reagiu à desvantagem e impôs o seu futebol, conseguindo encostar a equipa de Mafra ao seu meio campo, mas sem nunca conseguir concretizar as boas oportunidades criadas frente à baliza do Vila Franca do Rosário.A partida ficou, no entanto, manchada por 3 expulsões quase consecutivas. Tudo começou numa jogada mais viril, aos 13 minutos do segundo tempo, quando o avançado do Juventude da Castanheira atingiu o guardião Botelho, uma jogada que provocou confrontos entre vários atletas e que acabou na expulsão do jogador visitante, Ricardo, e em muitos cartões amarelos para as duas equipas.A superioridade numérica dos azuis e brancos durou apenas 3 minutos, com Bruno César a agredir o adversário e a ver o vermelho directo e Fábio Rosa a ver o segundo amarelo por palavras ao árbitro e a ser também expulso.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Médio Tejo