Sociedade | 27-01-2010 11:18

Pai e filha espancados por menores à porta de casa

Um homem de 66 anos e a sua filha foram violentamente agredidos, “a murro e pontapé”, por dois menores, junto à porta de sua casa, na Calçada de São José, em Abrantes. O episódio de violência teve lugar no sábado, 23 de Janeiro, cerca das 23h30. De acordo com o que O MIRANTE apurou junto de fonte próxima da família, a vítima – conhecido proprietário de uma papelaria no centro histórico na cidade - estava em casa com a mulher e a filha quando esta olhou pela janela e viu dois rapazes a torcerem-lhe o espelho da viatura, estacionada na rua. O mesmo veículo já tinha sido riscado por desconhecidos há algumas semanas. Quando saiu para tentar impedir os estragos levou um murro ao que o pai saiu em sua defesa. Acabou por ser brutalmente agredido e, de acordo com uma testemunha, a violência só terminou quando alguns populares se dirigiram ao local alarmados pelos gritos da esposa e mãe das vítimas que assistiu a toda a cena sem poder intervir. Os dois menores acabaram por fugir do local antes da Polícia chegar. O INEM foi chamado ao local e transportou as duas vítimas para o Hospital de Abrantes mas, devido à gravidade das fracturas, o empresário foi transferido para o Hospital de São Francisco Xavier, em Lisboa, onde foi submetido a uma operação cirúrgica ao nariz. Pai e filha já tiveram alta hospitalar. A família pretende apresentar queixa na PSP, dentro dos seis meses que a lei o permite, e logo que as vítimas estejam recompostas do seu estado de saúde.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo