Sociedade | 26-06-2010 00:36

Comandante dos Bombeiros Municipais de Alcanena demite-se por “falta de diálogo” com a autarquia

O comandante dos Bombeiros Municipais de Alcanena, Alberto Ribeiro Moiteiro, pediu a passagem ao quadro de honra da corporação, demitindo-se do cargo após 17 anos como comandante por considerar que o actual executivo não confia na sua pessoa e existir falta de diálogo com o mesmo. Uma decisão que causou “estranheza” à actual presidente da autarquia, Fernanda Asseiceira (PS). A Câmara Municipal de Alcanena já deferiu o pedido, sendo actualmente o comando da corporação assumido pelo segundo comandante, Jorge Frazão. Alberto Moiteiro explica que efectuou três ou quatro tentativas, através da secretária da presidente, para marcar uma reunião com Fernanda Asseiceira mas nunca foi bem sucedido. Decidiu expor as suas preocupações por carta uma vez que o Verão estava a chegar e era necessário garantir o apoio camarário que todos os anos é dado ao Grupo de Intervenção de Protecção e Socorro (GPIS). “Nunca obtive resposta para marcarmos a reunião. A minha terceira carta foi a da saída”, sublinha. Fernanda Asseiceira refere que a atribuição desse subsídio nunca foi posta em causa e que era só uma questão de tempo até ser deliberado em reunião de câmara, à semelhança do que acontece com os Bombeiros Voluntários de Minde. “Fiquei surpreendida com essa carta e não percebo o contexto desta saída porque, numa reunião que tive com todos os bombeiros, assumiu que nunca me tinha ligado para o telemóvel, quando lhe dei toda a liberdade para o fazer”, disse a O MIRANTE. A autarca refere que, em seis meses de mandato, esteve por diversas vezes com o comandante da corporação e nunca sentiu que este tivesse essa urgência em falar sobre o assunto. “Transmitiu-me um conjunto de situações relacionadas com o quartel que já estavam sinalizadas e voltou a fazê-lo por carta”, refere Fernanda Asseiceira. Já Alberto Moiteiro considera que “há certas questões que devem ser faladas nos locais próprios” e só por essa razão não falou do assunto nas ocasiões em que esteve com a autarca. Notícia mais detalhada na edição em papel

Mais Notícias

    A carregar...