Sociedade | 10-09-2010 15:06

Câmara de Santarém cria equipas para Fundação da Liberdade e Convento de S. Francisco

A Câmara de Santarém decidiu criar dois grupos de trabalho, compostos cada um por quatro pessoas, para ajudar a criar a Fundação da Liberdade e assegurar a manutenção e requalificação do Convento de São Francisco. A vigência dessas equipas é de quatro anos.Para coordenar a equipa do projecto Fundação da Liberdade e Campus do Ministério da Justiça foi nomeada Ana d’Avó, que vai propor os três nomes que a vão acompanhar. Esse grupo vai colaborar na implementação dos processos de adaptação da ex-Escola Prática de Cavalaria à futura realidade de ensino e lúdica e coadjuvar o Ministério da Justiça na instalação ali dos tribunais já anunciados - Tribunal da Propriedade Industrial, Tribunal da Concorrência, da Regulação e da Supervisão e Tribunal da Relação.Já no caso do Convento de São Francisco, Marco Loja vai ser o coordenador do projecto que terá como missão assegurar a manutenção do monumento integrado na temática “Religiões” da Fundação da Liberdade. Além disso deve mobilizar mecenas e investidores interessados em proceder ao restauro no âmbito do programa “amigos de S. Francisco” e assim “criar as condições para a autonomia financeira do espaço.O despacho do presidente da Câmara de Santarém, Francisco Moita Flores (PSD), refere que a autarquia tem vindo a desenvolver com o Governo múltiplas e complexas reuniões de trabalho para a criação da Fundação da Liberdade. Um projecto considerado como “um desafio único para Santarém, na medida em que representa a projecção nacional e internacional da cidade a partir dos projectos que se vão desenvolver na ex-Escola Prática de Cavalaria e no Convento de S. Francisco”.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1359
    11-07-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1359
    11-07-2018
    Capa Médio Tejo